O aparecimento das cidades globais, o seu desenvolvimento, significado e papel no contexto das novas relações de poder do século XXI. Será dada ênfase em como essas cidades se tornaram novos centros de influência internacional a partir das singularidades que agregam do ponto de vista político, econômico e geográfico, e como centros de serviços e tecnologias e suas marcas. Será dado destaque ao estudo e compreensão dos fluxos transnacionais de bens, mercadorias, pessoas, culturas e ideias e como essas imbricações alteraram as relações sociais nos espaços urbanos, deslocando a oposição local/global e aproximando as experiências em diferentes partes do mundo. A disciplina abordará o conceito de “cidade global” como categoria em termos teóricos a partir do caso da cidade de São Paulo.
A partir de um novo quadro do desenvolvimento tecnológico e social analisamos o trabalho e seu lugar social. Com uma introdução histórica das discussões do campo do Trabalho podemos compreender como olhar para essas mudanças, quais as possibilidades e limites do mundo do trabalho no futuro e a importância do trabalho na sociedade contemporânea.
Introduzir as alunos nas discussões no interior da sociologia do trabalho e no campo dos estudos do trabalho sobre os principais aspectos das transformações ocorridas na sociedade contemporânea como a revolução tecnológica, os modos de produção, de gestão do trabalho e as mudanças nas subjetividades ligadas ao trabalho. Assim, discutir os impactos das mudanças do mundo do trabalho
para a vida dos indivíduos e em suas relações sociais.
A disciplina de Moral e Ética na Contemporaneidade trata do debate sobre temas clássicos e contemporâneos da moral e da ética à luz da filosofia. O curso, após uma revisão de alguns conceitos, em cada aula será debatido um tema contemporâneo de ética e filosofia política. O curso inicia por uma revisão de três dos principais debates sobre a ética e a moral da história da filosofia ocidental com destaque à ética da virtude em Aristóteles, a ética do dever em Kant e a ética da utilidade segundo o utilitarismo inglês. Esta tradição da ética clássica será contraposta ao debate de temas apresentados em cada aula passando pelo contexto social da ética segundo o marxismo e a teoria crítica, a crítica de Nietzsche e Freud à perspectiva ética segundo a consciência individual, a bioética e o determinismo genético, o conflito com a política como na perspectiva da guerra, reconhecimento e justiça e os impasses e dilemas trazidos pela vida contemporânea frente às mudanças na sociedade e as novas tecnologias.